Como é produzido o etanol

A maior matéria prima do etanol é a cana-de-açúcar., que pode ser colhida manualmente ou com a ajuda de máquinas. A colheita manual é criticada por exigir a queimada da cana e por supostas más condições de trabalho. Um acordo entre o governo e as usinas preve a eliminação da colheita manual.

Image title

Um caminhão especial, chamado de transbordo, é usada para despejar a cana colhida por maquinas num caminhão articulado, com mais uma caçamba e capacidade para transportar de 40 a 50 toneladas de cana para a usina. Cada tonelada de cana produz, em média, 85 litros de etanol.

Image title

Assim que chega na usina, uma maquina chamada de sonda obliqua retira uma amostrada cana que cegue para analise para descobrir o teor de açúcar. Quanto maior a quantidade de açúcar, mais alcool pode ser produzido e melhor o preço paga pela cana.

Image title

A primeira etapa de produção é a lavagem da cana, que recebe um banho de água para retirar terra, areia e outras impurezas.

Image title

Após ser lavada, a cana é picada em pequenos pedaços e em seguida esmagada, o que faz com que as fibras se separem, facilitando o processo de moagem. Durante essa etapa, a cana passa por um eletroímã que se encarrega de retirar matérias ferrosos e outros componentes metálicos que possam danificar as máquinas.

Image title

O passo seguinte é a moagem, em que a cana é triturada. Após o processo 70% da cana vira caldo, no qual está o açúcar de onde se extrai o etanol. 30% restante são bagaço que pode ser queimado e gerar energia para a usina.

Image title

O caldo obtido na moagem vai para tonéis de decantação, como o que aparece à esquerda na imagem. Ali ele fica por pouco mais de uma hora e é misturado a substâncias como a cal, o que faz com que as impurezas se depositem no fundo dos tonéis e o caldo se torne mais limpo. Ao final do processo, as impurezas que se depositam no fundo são removidas e servem como adubo para a plantação.

Image title

O caldo superior do tanque, chamado de mosto é enviado para outro tanque, ele recebe antes a adição de substâncias químicas (polímeros) e é movimentado continuamente; nesse processo, o que ainda restava de impurezas forma uma massa cinza que flutua sobre o líquido.

Image title

Quando bem limpo o caldo é misturado com um fermento especifico. Tal fermento tem microrganismos que se alimentam do açúcar do caldo, liberando em seguida gás carbônico e álcool. Essa etapa da fermentação dura de quatro a 12 horas, gerando um produto que se chama vinho fermentado.

Image title

O vinho fermentado contém só 10% de álcool – o resto é basicamente água. Por isso, ele precisa ir para tanques de destilação. Em diversos tanques o vinho é aquecido até evaporar, depois é condensado e volta a forma liquida.

Image title

Da destilação sai o álcool hidratado, líquido com 96% de álcool. É ele que será vendido nos postos. Parte dele, porem, ainda passa por um processo de desidratação, virando álcool anidro (mais de 99,5% de álcool), que é misturado á gasolina como aditivo.

Image title

Os dois tipos de etanol produzido, o hidratado e o anidro, são armazenados em tanques de grande volume. Lá, aguardam até serem retirados por caminhões-tanque, que levam o etanol para as distribuidoras comercializarem o produto com os postos de combustível.

Image title

Fonte texto:

Revista “O segredo das máquinas e das industrias”, editora Abril. Abril de 2014.

Fonte das imagens: http://economia.uol.com.br/agronegocio/album/2013/09/05/aprenda-como-e-produzido-o-etanol-que-chega-nos-carros-brasileiros.htm#